Sábado, 18 de Maio de 2024
77 9 9927 9463
Turismo Bahia

Atividades de diversos segmentos movimentam seis zonas turísticas da Bahia

O 1º Festival Capão In Blues foi um dos eventos que reuniu 4 mil pessoas no Vale do Capão, em Palmeiras, na Chapada Diamantina. O post Atividades d...

13/05/2024 19h04
Por: Redação Fonte: Secom Bahia
Foto: Mariane Riani/Setur-BA
Foto: Mariane Riani/Setur-BA

Para enfrentar a sazonalidade, a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA) tem apoiado eventos para movimentar Salvador e destinos do interior do estado, durante a baixa temporada. No último fim de semana, seis zonas turísticas foram contempladas com iniciativas que tiveram o incentivo do órgão.

O 1º Festival Capão In Blues reuniu quatro mil pessoas no Vale do Capão, em Palmeiras, na Chapada Diamantina, com atrações nacionais e internacionais. A música afro-americana atraiu admiradores da Alemanha, França, Argentina e Itália, que aproveitaram para fazer ecoturismo na região. “Recebemos um público que veio de longe para ficar três ou quatro dias. As pousadas do Capão tiveram ocupação entre 80% e 100% e os restaurantes estavam cheios. Conseguimos o objetivo de movimentar a economia regional”, explicou o idealizador do festival, José Alves Costa.

Na Costa dos Coqueiros, Guarajuba, na Orla de Camaçari, recebeu o projeto Limpeza das Praias, promovido pela ONG Embaixador Verde, com a participação de 200 voluntários, que tiveram orientações sobre preservação ambiental, multiplicaram as informações entre banhistas e retiraram lixo da areia. “A limpeza da praia fomenta atividades turísticas. Hoje, existe um público extremamente exigente, que prefere estar em áreas bem preservadas”, pontuou a secretária-executiva da ONG, Priscila Silva.  Camaçari ainda sediou o Trilhão Ecológico, no distrito de Parafuso, com 450 veículos participantes. O meio ambiente esteve em pauta, também, na capital, palco da ação Ecocultura e Turismo Sustentável, na Praia de Tubarão, no Subúrbio Ferroviário, com palestras sobre consciência ambiental, recolhimento de lixo da areia e apresentação de grupos de percussão.

Outro evento que animou a Costa dos Coqueiros foi a 1ª Feira Gastronômica do Aipim, no município de Conde. A programação incluiu cozinha show e palestras sobre a cultura da mandioca e seus derivados.

Nos Caminhos do Jiquiriçá, a Cavalgada do Trabalhador, em Irajuba, teve 600 participantes, em um percurso de 10 quilômetros, cortando belezas naturais. O trajeto foi animado por aboios, toadas e outros elementos da tradição dos vaqueiros. “A cavalgada acontece desde 2019. Este ano, fizemos um projeto mais consistente, com o objetivo de desenvolver o turismo rural na região”, destacou o organizador Cizenando Sena.

O encontro evangélico “Desperta Serrinha”, nos Caminhos do Sertão, reuniu mais de mil pessoas, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Com caravanas de Retirolânia, Biritinga, Lamarão e Feira de Santana, os fiéis dividiram o tempo entre orações, música gospel e teatro.

Na zona turística Baía de Todos-os-Santos, Salvador sediou a 1ª Feira de Artesanato da Feira de São Joaquim, na Cidade Baixa, realizada no Galpão Água de Meninos, estrutura provisória ocupada pelos feirantes, durante a segunda etapa da requalificação do equipamento, feita pelo Governo do Estado. Vinte artesãos mostraram suas obras a baianos e turistas.

“Estou visitando a feira pela primeira vez e fiquei impactado com a energia e a grande variedade de produtos. Achei boa a ideia da exposição de artesanato. Afinal, quem vem para a Bahia quer coisas da Bahia”, relatou o designer gráfico Bruno Morena, 29 anos, de São Paulo.

Nos Caminhos do Sudoeste, o Parque de Exposições Juvino Oliveira sedia a 52ª Exposição Agropecuária de Itapetinga, até o próximo domingo (19), com a participação de produtores da Bahia e de outros estados. Na programação, leilões de animais, rodeios, espaço kids e shows, em 10 dias de atividades.

Fonte: Ascom/Setur-BA

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias