Sexta, 19 de Abril de 2024
77 9 9927 9463
Saúde Saúde

Implantação do Natea é comemorada no Dia de Conscientização do Autismo

No mês de conscientização sobre o autismo, o município comemora a implantação do Núcleo de Atenção ao Transtorno do Espectro Autista (Natea), inaug...

02/04/2024 19h26
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Camaçari - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA

No mês de conscientização sobre o autismo, o município comemora a implantação do Núcleo de Atenção ao Transtorno do Espectro Autista (Natea), inaugurado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Saúde (Sesau), com objetivo de ampliar o atendimento às pessoas com suspeita ou diagnóstico confirmado para o transtorno do espectro autista (TEA).

E neste 2 de abril (terça-feira), data estabelecida pela Organização das Nações Unidades (ONU) como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, segundo dia de funcionamento do núcleo, a unidade recebe aprovação por parte dos familiares dos usuários, a exemplo de Hillary Machado Souza, 23 anos, mãe do pequeno Samuel, 2 anos. Na oportunidade, ela destacou a importância do novo espaço, pontuando que, “esse local vai fortalecer a inclusão do público autista. Nossos filhos se sentirão melhor acolhidos aqui. Acreditamos ser uma grande ajuda para todos nós, que aguardávamos tanto por um lugar especializado para atendimento”, completou a moradora do bairro Nova Vitória.

Para Sheila Kelly Mello, coordenadora dos Centros Especializados e Ações Estratégicas da Diretoria de Atenção à Saúde da Sesau, é relevante destacar que o Natea é mais um serviço para fortalecer a rede assistencial do município. “A pessoa com autismo também tem à disposição atendimento na Policlínica Pediátrica, com oferta de nutricionistas, psicóloga e neuropediatra; no CER II [Centro Especializado em Reabilitação Física e Intelectual], com toda equipe multiprofissional composta por psicóloga, terapeuta ocupacional, pediatra, psicopedagoga, nutricionista, neuropediatra, assistente social, fonoaudióloga, dentre outros; além dos Caps [Centros de Atenção Psicossocial] adulto e infantil, onde são ofertados suporte psicossocial quando há persistência do transtorno mental grave como comorbidade do TEA”.

O subsecretário da pasta, Luiz Duplat, destacou que, “em 2023, junto com os familiares das pessoas na condição do autismo, criamos o Comitê Permanente de TEA, por meio do qual nos reunimos mensalmente com o intuito de dialogar e, assim, avançarmos na oferta dos serviços necessários não apenas para dar diagnósticos, mas para garantir as terapias. Com vistas a ampliar essa oferta de serviços, nos próximos dias, a Sesau lançará um edital para credenciamento de clínicas com serviços especializados nas terapias do TEA. Tudo isso é fruto do diálogo através do comitê”.

O Natea é composto por uma equipe multidisciplinar formada por neuropediatra, pediatras, enfermeira, psicólogas, fonoaudiólogas e assistente social, que prestam atendimento inicial às famílias, a partir da escuta qualificada, pela qual é possível realizar o processo para diagnóstico pelo Plano Terapêutico Singular (PTS), com foco nas necessidades imediatas de cada usuário. Na sequência, os profissionais envolvidos procedem com os encaminhamentos para as terapias e cuidados, compartilhados com a rede de saúde.

O público-alvo do núcleo são as famílias que preencheram o Rastreamento do TEA e encontram-se em fila de espera para confirmação diagnóstica. Todas elas serão convocadas pelo serviço para atendimento inicial. Os novos casos, ao serem identificados pela Atenção Primária, seguirão em acompanhamento realizando as consultas de puericultura, onde as orientações de estimulação precoce serão iniciadas, ao tempo que preencherão o formulário de Rastreamento TEA, disponibilizado aqui .

O núcleo fica localizado na Rua da Natividade, no Centro, ao lado do CER II, atrás do antigo Bompreço. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e 13h às 17h.

Sobre o Abril Azul – além de ser dedicado à conscientização sobre o autismo, a ONU estabeleceu o mês como uma forma de envolver a comunidade, trazer visibilidade e buscar uma sociedade mais consciente, menos preconceituosa e mais inclusiva.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA
Ana Bárbara
Ana Bárbara
Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Camaçari - BA
Hillary Machado
Hillary Machado
Sheila Kelly
Sheila Kelly
Foto: Jean Victor
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias