Sábado, 18 de Maio de 2024
77 9 9927 9463
Brumado Brumado - BA

Prefeitura de Brumado homenageará com praça preso que morreu no presídio após atos golpistas

Moradores nas redes sociais questionam a decisão e defendem homenagens a figuras locais

15/05/2024 12h25 Atualizada há 1 dia
Por: Redação
Cleriston Pereira da Cunha (Crédito: Reprodução)
Cleriston Pereira da Cunha (Crédito: Reprodução)

A Prefeitura de Brumado, no sudoeste da Bahia, anunciou a inauguração da Praça Cleriston Pereira da Cunha, em homenagem ao empresário baiano que morreu em um banho de sol na Penitenciária da Papuda, em Brasília, no dia 20 de novembro de 2023. Cleriston, conhecido como "Clezão", estava preso desde janeiro de 2023, acusado de participar dos atos golpistas contra o Supremo Tribunal Federal (STF), Câmara dos Deputados, Senado e Palácio do Planalto.

A decisão da prefeitura gerou polêmica nas redes sociais, com alguns moradores questionando a escolha de homenagear um preso que estava respondendo a um crime grave. Nas redes sociais, alguns moradores defenderam que a praça fosse batizada em nome de figuras locais que tenham contribuído para o desenvolvimento da cidade, como a ex-vice prefeita Cristina Goldim ou o ex-deputado Zé Clemente.

Homenagem gera debate nas redes sociais

A prefeitura ainda não se pronunciou sobre as críticas nas redes sociais. A inauguração da praça está prevista para sexta-feira (17), às 18h, no Bairro Apertado do Morro.

Sobre Cleriston Pereira da Cunha

Cleriston Pereira da Cunha era um empresário de Feira de Mata, na Bahia. Ele estava preso em Brasília desde janeiro de 2023, acusado de participar dos atos golpistas contra o STF. No dia 20 de novembro, ele morreu enquanto estava em um banho de sol na Penitenciária da Papuda. A causa da morte ainda está sendo investigada.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias