Segunda, 17 de Junho de 2024
11970813226
Brasil Rio de Janeiro - RJ

Ônibus que transportava 28 PMs é abordado por bandidos em tentativa de assalto no Centro do Rio

Crime aconteceu na noite de quinta-feira, quando veículo transportava 28 PMs da 2ª Companhia do 33º BPM

17/05/2024 10h04 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Reprodução / Ônibus que transportava 28 PMs é abordado por bandidos em tentativa de assalto no Centro do Rio
Reprodução / Ônibus que transportava 28 PMs é abordado por bandidos em tentativa de assalto no Centro do Rio

Um ônibus que transportava 28 policiais militares da 2ª Companhia do 33º BPM (Angra dos Reis) foi alvo de uma tentativa de assalto na noite de quinta-feira (16), no Centro do Rio. Segundo relatos, bandidos aproveitaram que o veículo estava parado em um sinal vermelho na Avenida Beira Mar e obrigaram o motorista a abrir a porta.

Continua após a publicidade
Anúncio

Ao entrarem no ônibus, os criminosos foram surpreendidos por disparos feitos pelos PMs. Pelo menos um suspeito foi baleado e morreu no local.

Em nota oficial divulgada na manhã de sexta-feira (17), a Polícia Militar confirmou a tentativa de assalto e informou que a ação foi realizada por três homens. O coletivo, um ônibus de turismo, seguia viagem após a participação dos policiais em uma cerimônia na Câmara de Vereadores do Rio, onde o comandante da companhia recebeu a medalha Pedro Ernesto.

Ainda segundo a PM, dois policiais militares que estavam de folga e a bordo reagiram à ação dos criminosos e atiraram, atingindo um dos assaltantes, que não resistiu aos ferimentos. Um revólver foi apreendido com o suspeito morto. Os outros dois homens fugiram do local.

Equipes do 5º BPM (Praça da Harmonia) atenderam a ocorrência e a mesma foi registrada inicialmente na 5ª DP (Mem de Sá).

A Polícia Civil também se manifestou sobre o caso, informando que a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada para investigar a morte do suspeito, ainda não identificado. As armas utilizadas pelos PMs foram apreendidas e serão periciadas. "Imagens de câmeras de segurança estão sendo requisitadas e a perícia foi feita no local", diz a nota da PCERJ.

O caso segue em investigação.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias